Pesquisar
Geral
  5 minutos de leitura

O que você precisa saber antes de abrir um estúdio

Postado 
25/10/2022
 às 
16:14

O que você precisa saber antes de abrir um estúdio

O sonho de 99,5% dos tatuadores (fonte: vozes da minha cabeça) é ter um estúdio próprio. Mas você já parou para pensar no tamanho da responsa que isso exige? 

Provavelmente não, porque a mesma galera que tem o sonho do estúdio próprio não pensa nas consequências de, além de ser artista, se tornar empreendedor. 

Pensando nisso, trouxemos 4 dicas afiadas para você pensar bem antes de abrir um estúdio de tatuagem, e decidir se isso realmente vale ou não a pena pra você.

Conheça detalhadamente o fluxo de trabalho em um estúdio

O trampo em um estúdio grande, referência, não se resume apenas em tatuar. Pelo contrário, a pigmentação é a pontinha do iceberg de tudo que rola. Existe o controle financeiro, setores administrativos e de gerenciamento, além de jurídico e marketing.

Bom, o óbvio também precisa ser dito: seu estúdio é sua empresa, e estes setores citados são fundamentais para que qualquer negócio dê certo. Saiba que negligenciá-los pode ser ruim para você a longo prazo. 

Ter um estúdio não é somente ter um local próprio para tatuar.

“Estou pronto para acumular funções?”

Se faça essa pergunta e seja sincero na resposta. A vida de qualquer tatuador é completamente fora dos padrões, e nossos horários são bem alternativos. E até por conta disso, a disciplina precisa ser dobrada.

Entenda que ao abrir o seu estúdio próprio, você não vai se preocupar só com sua arte. Todos os setores citados no último item vão ter que se tornar sua rotina também. É como diz o tio Ben: “com novos poderes, vêm novas responsabilidades”.

Pense muito na sua rotina atual e se pergunte: “vou conseguir administrar tudo?”

Faça um planejamento geral do estúdio

Projetar a sua loja é essencial para uma prosperidade comercial. Vai ser um estúdio convencional? Vai ter algum conceito por trás? Vai oferecer mais serviços além da tatuagem? Quer um público mais geral ou mais nichado? 

Desenvolva outras perguntas através dessas do exemplo, sempre de forma detalhada, buscando matar cada vez mais questões. E quando você tiver uma ideia clara do que vai ser o seu estúdio, é hora de colocar o bloco na rua.

Projete todos os detalhes do seu estúdio de forma geral.

Analise o investimento de forma minuciosa

Você não pode querer dar nenhum passo maior que a perna. Faça uma análise super detalhada das suas finanças, e se você realmente tem o aporte necessário para investir no estúdio, e fazer o seu negócio render.

Não aja no impulso, tenha em mente tudo que foi falado pra você até agora e, principalmente, não faça dívidas ou loucuras financeiras a troco de ego por “ter o seu próprio estúdio”, a parada vai muito além disso.

Não corra nenhum risco na hora de investir, saiba analisar com critério suas finanças.

Essas foram as dicas de empreendedorismo de hoje! Curtiu? Qual sua opinião sobre a nossa análise? Tava com vontade de abrir um estúdio e agora ficou mais animado, ou reduzimos seus sonhos a pó? Comenta aqui embaixo!

Autor (a):